domingo, 8 de março de 2009

Um caráter atrás do anonimato


Segundo meu pai, anônimo é aquele que não apresenta nome. Eu acrescentaria: Indivíduo que ausenta a própria assinatura por falta de coragem, medo da opinião alheia diante de suas palavras expostas.
Seria interessante desabafar com o papel (ou com o meu blog). Eu diria à ele que ainda não sei fazer arroz e que na minha opinião a fulana está horrível de cabelo verde. Mais interessante ainda, seria se só o papel (ou o blog) soubesse quem foi a autora de tais confissões.
Talvez fosse divertido também se eu escrevesse sobre as minhas mágoas (ou até sobre aquele amor que eu ainda não fui capaz de escrever), e deixasse de declarar meu nome após o texto.
Mas eu prefiro assumir que sou eu mesma que não me dou bem com aqueles pequenos grãos brancos (que chamam de arroz) e confessar minhas mágoas com a cara à tapa. Afinal, faz parte da minha personalidade arcar com as consequências das minhas próprias opiniões ou até mesmo das minhas próprias verdades.
Prefiro que meu nome esteja abaixo de todos os meus textos, porque atrás de cada palavra existe o meu caráter disposto a receber qualquer elogio ou crítica. E se eu tiver sorte, alguém ainda pode me ensinar a fazer arroz.

10 comentários:

Deni disse...

parabens pelo blog moça...desabafe mesmo
minha primeira vez aki
xD^.
sucesso ai ...
volto mais vezes.
obrigado poela visitalá no meu.
e como sempre quando comento.
é pq tenho coisas novas.
passe lá..
és una persona bn venida
xD~
no www.bagageirodocurioso.spaceblog.com.br

abraço e ótima semana!

Letícia Maruci disse...

HAHA, muito bom !
gostei :)
aah, e se quiser eu te ensino a fazer arroz tá?!
SIAOUSIOUSA ;x

Beijô Marcela :*

Key disse...

ela, eu nem sei dizer se tenho segredos... bem , é claro que todos tem, uma vez ou outra. Mas acho que segredo é é maneira também do ser humano "se guardar" de vez em quando, não é emsmo?
adorei o texto, viu?
beeeijos!

Bárbara. disse...

modestia parte sou amante da culinária, eu te ensino *-* ASIUODHASUIDIOSHAD como sempre perfeito né? te amo-mo.

Nega. disse...

Eu adorei o jeito que vc escreve.
Arroz eu não sei fazer não mas tbm conheço alguém q pintou o cabelo de verde.Serve?hahaha

Má. disse...

Adoreei o post xaráá
;)

;@@

Lilah disse...

Oii ! posso te ensinar arroz !
primeiro vc separa a quantidade, lava o arroz, e logo depois coloca numa panela com agua e uma colher rasa de sal, leva ao fogo, e tchau !
ahsuhauhsuahs

beeeijo!

Laila disse...

Faço um monte de coisa na cozinha, mas também vou confessar que não sou muito boa pra fazer arroz. =/
E apesar das consequências não muito boas que isso pode trazem dependendo da situação, sou da opinião de assumir suas opiniões sem se esconder, seja o que for.

Kissus =**

Samuel Bryan disse...

parabéns moça, voce foi capaz de traduzir em palavras o q eu tbm sinto pelo carater do anonimato
nao aceito em muitas circustancias, melhor ausente do q anonimo
abraços
^^

Zinhα disse...

Ainda tô atrás de quem me ensine a fazer arroz ;D
gostei do blog
Tô seguindo .
beeeeijo .